Enquete do PL 6858/2013

Resultado

Resultado parcial : desde 06/04/2018

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 187 99%
Concordo na maior parte 1 0%
Estou indeciso 1 1%
Discordo na maior parte 0 0%
Discordo totalmente 0 0%

Resultado na metodologia anterior Sobre Resultado na metodologia anterior?

Resultado parcial : desde 06/04/2018

Representação dos dados do gráfico em forma de tabela
Opção Participações Percentual
Concordo 2 100%
Discordo 0 0%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 46 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: Somos discriminados pela sociedade e pela maioria dos médicos, que nos vêem como cidadãos que sofrem de algo que não está "no papel". É surreal esse projeto de tanta importância estar sem solução até os dias de hoje ! É inconcebível milhares de pessoas sofrendo e sem condições de serem minimamente produtivas e o Poder Público fechar os olhos para isso !!! Sejam realmente humanos e transformem logo esse projeto em lei !!!

    Heloisa Scatena Ferraz Maia Data 22/11/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: Precisamos de atendimento multidisciplinar. Não temos acesso nem ao diagnóstico. Não tem reumatologistas para nos atender. Não temos oportunidades de fazermos exames. Não temos acesso à psicólogos, nem a psiquiatras, fisioterapia mt menos. Estamos abandonados a propria sorte. Precisamos de urgência. Esse PL ja tramita a 8 anos. Até qfo suportaremos??? Tenham misericórdia e piedade.

    Marijara Ribeiro Data 17/08/2021
    2 gostaram
  • Ponto positivo: É desumana a vida que estamos levando e perdendo a chance de viver com praticamente nada de qualidade de vida. Precisamos de atendimento prioritário e preparado, precisamos de acesso a tratamento multidisciplinar, precisamos de medicamentos que o SUS não fornece, e precisamos demais do nosso auxílio doença, pois o INSS não nos concede aposentadoria nem este auxílio visto que não há legislação que nos ampare no BRASIL. É desumana a maneira como somos tratados, ou nem considerados... Ñ vivemos +

    Cátia Magali da Silva Data 10/07/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: É urgente que seja dado visibilidade as condições do fibromiálgico!, além das dores 24 h e demais sintomas que vão se soprepondo ao outro, existe muitas limitações que passamos no dia a dia, sem conseguir trabalhar, sofremos com a falta: de apoio,medicamentos e tratamento adequados pelos SUS e sem dinheiro não comseguimos suprir a demanda de gastos via particular. Somos discriminados por alguns médicos e principalmente pelo INSS, que nos dão aptos mesmo quando não conseguimos levantar da cama.

    Cristiana Lima Data 08/07/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: É impossível trabalhar e cuidar da doença. A vontade de suicidar é muito grande. As discriminações são muito grandes. A complexidade da síndrome é muito grande. É necessário profissionais especializados na fibromialgia, para cuidar dos pacientes!

    Arlete Mariza Data 13/06/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Precisamos de fisioterapia, psiquiatra, personal trailer, remédios, Reumatologistas, neurologista, especializados na área de fibromialgia.

    Arlete Mariza Data 13/06/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: O reconhecimento da fibromialgia como deficiência é a garantia de atendimento preferencial pelo SUS, além de tratamento especializado ao paciente, através de medicações e de terapias.

    ADRIANO NERI PEREIRA Data 07/04/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Pois necessitamos desse reconhecimento, pois nossos remédios são muito caros.

    Nancy Mara Chaves de Lima Data 07/07/2020
    1 gostaram
  • Ponto negativo: Desconhecimento dos profissionais da área, indisponibilidade de tratamentos de alto custo como acupuntura e produtos para infiltração.

    Neide Demarchi de Carvalho Data 06/03/2020
    1 gostaram
  • Ponto positivo: Tratamento especializado ao paciente,com medicações e terapias.

    Neide Demarchi de Carvalho Data 06/03/2020
    0 gostaram
vote nesta enquete