Enquete do PL 886/2021 (Nº Anterior: PL 1023/2011)

Resultado

Resultado final : desde 30/04/2018

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 26 62%
Concordo na maior parte 7 17%
Estou indeciso 2 5%
Discordo na maior parte 4 9%
Discordo totalmente 3 7%

Resultado na metodologia anterior Sobre Resultado na metodologia anterior?

Resultado final : desde 30/04/2018

Representação dos dados do gráfico em forma de tabela
Opção Participações Percentual
Concordo 1 100%
Discordo 0 0%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 12 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: O Único ponto positivo poderá ser para o usuário pagar conforme o percursos utilizado. Portanto proporcional à utilização dos serviços prestados pela concessionária.

    Gilson Lyrio Data 03/06/2021
    0 gostaram
  • Ponto negativo: Embora atenda alguns usuários, o projeto prejudica os empregos (Praças de Pedágios), afeta diretamente a arrecadação os municípios que margeiam as rodovias, já que incide sobre os impostos e empregos, ao buscar compensações com a redução (ISSQN) e fim das praças de pedágios. Por fim, não resolve o problema das cidades pequenas, em que os cidadãos, seja a trabalho ou comércio e serviços públicos, são obrigados a trafegar na rodovia duas a quatro vezes ao dia. O PL original isentava-os.

    Gilson Lyrio Data 03/06/2021
    0 gostaram
  • Ponto negativo: mais desempregos e etc

    Adriano Trinconi Vignotto Data 15/05/2021
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Não deveria nem haver praças de pedágios, sendo assim elimine o IPVA.

    Adriano Trinconi Vignotto Data 15/05/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: custos operacionais

    Adriano Trinconi Vignotto Data 15/05/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Essa PL está 10 anos sendo discutida e agora muitas propostas estão sendo levantado para benefícios do povo. Se for para tirar a carga de tributos e impostos em cima do cidadão, eu apoio!

    Marcos Aurélio Barbosa Santos Data 11/05/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: que paguem um valor diferenciado por tal situação é concordável mais isentar totalmente não é valido já que eles usufruem

    Paulo Sergio Cordero da Silva Data 07/05/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: Essa mudança sera muito boa para minha cidade de CAJAMAR-SP, estamos a 2km do pedágio e todos os dias para ir trabalhar para São paulo temos que desembolsar 9,80 na ida e 9,80 na volta totalizando quase 20 reais. UM ABUSRDO.

    poker lima Data 06/05/2021
    3 gostaram
  • Ponto negativo: A proposta, irá inviabilizar diversas concessões.Tomo como exemplo a ponte Rio-Niterói. Mais de 70% dos veículos que passam lá diariamente pertence a residentes das cidades vizinhas. Se não pagassem pedágio, a concessão não faria sentido. Entendo que o pedágio é algo controverso, mas quase sempre dá retorno. As estradas ficam mais seguras, mais transitáveis, geram empregos locais etc.Pior é o IPVA que é caro e não traz retorno. Isso sim deveria ser revisto. 4% do valor do veículo é absurdo.

    Marcus Lívio Data 06/05/2021
    3 gostaram
  • Ponto positivo: O aposentado que mora ao entorno do pedágio poderia ter uma tarifa reduzida pelo menos em 50% .

    Sérgio Falcão Data 27/04/2021
    1 gostaram