Enquete do PL 5238/2020

Resultado

Resultado final : desde 24/11/2020

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 14 40%
Concordo na maior parte 0 0%
Estou indeciso 0 0%
Discordo na maior parte 0 0%
Discordo totalmente 21 60%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 5 de 5 encontrados.

Baixar
  • Ponto negativo: Lei nomeada com o nome de uma mulher que mentiu para acusar um inocente de estupro de vulnerável. Baseada em um vídeo COMPROVADAMENTE editado, com o intuito de enganar criminosamente a população. E também baseado em fake news que mente deliberadamente sobre a absolvição do acusado.

    Dámaris Nunis Data 23/02/2021
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Que blindagem é essa? Agora até os juízes e promotores vão ficar acuados ao exercer sua função... O engraçado é que projeto funciona apenas para mulheres, como se esse grupo já não tivesse privilégios o bastante na sociedade.

    Vitor Data 23/02/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: Resumo: acusadores que não precisarão de provas. Nesse caso se a mulher disser que aconteceu é porque aconteceu, mais uma aberração no meio judiciário.

    chuazinerd Data 23/02/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: É questão de respeito com todos os cidadãos que esta Lei seja aprovada e colocada em prática com urgência!!!

    Evilly Emanuele Data 23/02/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Precisamos com urgência desta lei! Mulheres são oprimidas diariamente na busca de seus direitos junto ao judiciário! Precisamos ser tratadas com respeito e dignidade.

    Márcia Cristina Data 27/11/2020
    2 gostaram