Enquete da PEC 32/2020

Resultado

Resultado parcial : desde 03/09/2020

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 1.984 1%
Concordo na maior parte 944 1%
Estou indeciso 90 0%
Discordo na maior parte 11.373 6%
Discordo totalmente 174.989 92%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 22133 encontrados.

Baixar
  • Ponto negativo: Tirar a estabilidade do Servidor Público e facilitar sua demissão, é atender a corrupção e prestar desserviço à sociedade. Qualquer brasileiro pode se tornar Servidor Público. Basta estudar e passar em um Concurso Público, concorrido e regido pela meritocracia. Esvaziar o Serviço Público é gerar apadrinhamento e facilitar a corrupção.

    Paulo Mendes Data 01/12/2020
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Uma das mudanças dessa PEC é ampliar "atribuições do presidente da República para alterações na administração e nos órgãos do Poder Executivo por meio de decreto – atualmente é necessário projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional", nas palavras retiradas deste site. Isso pode criar uma "ditadura" na base da "canetada" presidencial. A importância do Congresso nao pode ser minimizada. A vida dos funcionários públicos não pode ficar nas mãos de apenas um.

    Fernanda Milanello Data 01/12/2020
    1 gostaram
  • Ponto negativo: O servidor público já pode ser exonerado nos termos da legislação atual. Há processos para isso. Não vivemos num pai sem lei. O presidente deseja promoção pessoal com essa PEC. Além disso, ela cria duas categorias de servidores: os inimputáveis (q não serão afetados, magistrados, promotores, parlamentares e militares) e os q pagarão a conta da irresponsabilidade presidencial e dos congressistas q apoiarem esse absurdo.

    Fernanda Milanello Data 01/12/2020
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Não há como apontar apenas um ponto negativo, dentre os vários constantes na referida PEC. Primeiro, que a reforma não atingirá os que realmente incham a máquina pública, mas sim aqueles que realmente fazem essa máquina funcionar. Quanto ao fim da estabilidade, é um retrocesso total, tendo em vista que por vezes o funcionário sofre assédio moral dentro das repartições públicas e a única coisa que faz com que não ceda a chantagens e até a ameaças é saber q não pode ser demitido.

    Luciene Rodrigues Data 30/11/2020
    1 gostaram
  • Ponto negativo: Um absurdo inconstitucional.

    Igor Augusto Data 30/11/2020
    3 gostaram
  • Ponto negativo: Isso dissocia o serviço público que por ventura traz benefícios aos cidadãos. O que deve mudar é os privilégios dos políticos que pouco entregam a sociedade. Deve ser incluso também o judiciário e os militares na reforma. É incoerente apontar a saúde e educação como principais problemas na esfera administrativa, pois deve ser colocado o todo ou nenhuma fração da população numa PEC falida de modelo neoliberalista que não dará certo. Precisamos de políticas transformadoras e não retrógradas.

    Jeferson Vitorino Data 30/11/2020
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Vai contra todo o ideal do serviço público, vai atender a qualquer coisa, menos aos interesses do Estado. É no mínimo desrespeitoso, ainda, acreditar que o servidor que estuda para passar em concursos, que muitas vezes nem tem o salário acima do mínimo, necessita passar por processos seletivos além dos tradicionais, como se este fosse simples. Cuidar de projetos anticorrupção ninguém quer...

    Vivian Alves Data 27/11/2020
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Os verdadeiros consumidores de recursos públicos são os agentes políticos. Esses, sim, deveriam ter suas remunerações reduzidas e suas prerrogativas tolhidas ao máximo. O servidor público toma posse por mérito e isso só é possível mediante prova. Entrevista é só um meio de conseguir colocar dentro do serviço público o amiguinho, parente. E convenhamos, né, cargo e comissão já existe para essa finalidade. Essa reforma não tem nada de bom.

    Nilton Cunha Data 26/11/2020
    3 gostaram
  • Ponto positivo: Alinha a carreira pública a carreira privada conferindo ao gestor público liberdade para adequar e ajustar a equipe de acordo com as demandas que o elegeram. O servidor que não estiver feliz pode pedir a conta quando quiser. A iniciativa privada estará de braços abertos para recebê-los.

    Jonatan Campos Data 25/11/2020
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Isso irá criar uma anomia social!! Esse modelo falido neo liberal, não deu certo para 95% dos países que apostaram nisso!!! Só ler John Lock, é esse modelo econômico que "eles", o povo do bode quer trazer de volta para o Brasil!! Vamos tentar evitar o máximo!!!!

    Diogo Lacerda Farias Data 24/11/2020
    6 gostaram
vote nesta enquete