Enquete do PL 3991/2020

O Projeto de Lei 3991/20 permite que a União assuma a propriedade de bens imóveis com valor histórico atestado e definido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados. Segundo o autor, deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP), o objetivo é evitar que bens imóveis com inestimável valor histórico sejam abandonados e passem a ser alvo de invasões, depredações e outras situações de descaso. O controle do imóvel pela União dependerá de doação do atual proprietário. “O projeto disciplina a doação à União de bens imóveis que possuam valor histórico e permite a dedução da doação no imposto de renda da pessoa física. Permite ainda a dedução fiscal de doações realizadas a fundações ou associações cujo objeto social seja a proteção do patrimônio histórico”, diz o autor. A doação será precedida de avaliação do bem ou dos bens ofertados, que devem estar livres e desembaraçados de quaisquer ônus. Não serão aceitos imóveis de difícil alienação, inservíveis ou que não atendam aos critérios de necessidade, utilidade e conveniência, a serem aferidos pela administração pública federal. Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei