Enquete do PL 3901/2020

O Projeto de Lei 3901/20 inclui os profissionais que trabalham em estabelecimentos públicos de educação entre os que devem ter prioridade na testagem de Covid-19. Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera a  Lei 14.023/20, que prevê prioridade na testagem aos trabalhadores considerados essenciais ao controle da doença e à manutenção da ordem pública, como médicos, enfermeiros, policiais e agentes funerários. Autor da proposta, o deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE) considera “de fundamental importância a testagem ampla dos profissionais da área da educação, a fim de reduzir riscos e trazer o mínimo de proteção social e sanitária”. Se for aprovada, a medida terá vigência enquanto perdurar a emergência em saúde pública decorrente do novo coronavírus. Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei