Enquete: PLP 34/2020

Resultado parcial

Opção Quantidade de pessoas que responderam Percentual
Concordo totalmente 130 9%
Concordo na maior parte 6 1%
Estou indeciso 3 0%
Discordo na maior parte 14 1%
Discordo totalmente 1.197 89%

O que foi dito

Pontos Positivos

Pontos positivos enviados por outras pessoas.

22 enviados até agora
  • Estão de parabéns deputados, essa turma do andar de cima só tem lucros e privilégios enquanto sempre trabalhadores publico ou privado perdem renda e direitos. Todos os países de 1º mundo instituem em momentos de calamidade Empréstimo Compulsório. Pq o confisco do salário do servidor não será devolvido, só empresas?

    Enviado por Guilherme Andrada
  • Não há nenhum ponto positivo. Cortar gastos da Câmara nada, o negócio é empurrar pra quem gera riqueza.

    Enviado por Everson Wagner Araujo Silva
  • Descobrir em quais candidatos não devo votar na próxima eleição.

    Enviado por Flávio Utumi
  • Acredito que a contribuição das empresas é benéfica até certo ponto, pois elas costumam auxiliar com itens que geralmente as promovem, nem sempre o que população necessita. O mecanismo de contribuição deveria ser atrelado a antecipação de impostos e não dinheiro gratuito sem uso definido.

    Enviado por Vitor Borba
  • Empresas com patrimônio superior a 1 bilhão podem muito bem dispor de alguns privilégios que já não detém na maioria dos países do mundo.

    Enviado por Francielli Melo

Pontos Negativos

Pontos negativos enviados por outras pessoas.

261 enviados até agora
  • As empresas e a população pagará a fatura.

    Enviado por MOACIR CAVALCANTI FURTADO JUNIOR
  • O governo precisa estimular o empreendedorismo e não o contrário. O Estado não deve se meter na vide dos individuos, muito menos criar mais custos a quem quer empreender. Com a redução de salários e de custos dos políticos seria um bom exemplo e uma grande ecônomia para ajudar nos momentos de calamidade.

    Enviado por Bruno Sousa
  • É a institucionalização de um roubo. O Governo Federal já liberou verbas mais do que sificientes para o combate ao Covid 19. Os prefeitos e governadores estão superfaturando os contratos e ainda querem arrancar dinehrio das empresas que já estão no limíte. Tenham vergonha.

    Enviado por Marcia Cavelho
  • Isso vai gerar muito desemprego e desconfiança de empresas que pretendam vir para o brasil.

    Enviado por Center Tech
  • A verba arrecadada por meio desse projeto de lei, além de ser inconstitucional, por ferir princípios básicos do direito tributário, não estará sendo aplicada em uma atividade rentável, de modo que a restituição das pessoas jurídicas (contribuintes), em até 4 anos, se resumirá em um grande prejuízo para as contas públicas.

    Enviado por Karina Karatman
Política de uso