Enquete: PL 693/2019

Resultado final

Opção Quantidade de pessoas que responderam Percentual
Concordo totalmente 13 68%
Concordo na maior parte 2 10%
Estou indeciso 0 0%
Discordo na maior parte 2 10%
Discordo totalmente 2 12%

O que foi dito

Pontos Positivos

Pontos positivos enviados por outras pessoas.

6 enviados até agora
  • Vai resolver inúmeros casos em que, por negligência de fiscalização, o poder público permitiu construir em áreas que estavam reservadas indefinidamente para futuras desapropriações.

    Enviado por Paulo Antonio Leite
  • VAI ALAVANCAR O RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL. BEM COMO O DESENVOLVIMENTO URBANO. ALÉM DE MINIMIZAR O PREJUÍZO AO PARTICULAR, UMA VEZ QUE A FAIXA NÃO EDIFICÁVEL ATINGE TÃO SOMENTE A PROPRIEDADE PARTICULAR, SENDO, INCLUSIVE UMA AFRONTA AO CUMPRIMENTO DA FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE.

    Enviado por Kito Junckes
  • ESTAMOS AS MARGENS DA BR 116 E SOFREMOS COM A FISCALIZAÇÃO, AUTUANDO SEMPRE PARA QUE SEJA DEMOLIDO AS CONSTRUÇÕES.

    Enviado por VALECONSULT Consultoria, Assessoria & Administração
  • melhora a possibilidade de projeto de moradia com melhor aproveitamento

    Enviado por Will Melo
  • Vai resolver inúmeros casos de construções antigas, muitas a mais de 50 anos, anteriores a construção das rodovias e que se tornaram um entrave a legalização.

    Enviado por Carlos Francisco Geesdorf

Pontos Negativos

Pontos negativos enviados por outras pessoas.

3 enviados até agora
  • a redução não assegura a segurança operacional e, a meu ver, incentiva invasões e construções irregulares. Vale a pena fazer errado nesse país...

    Enviado por INGRID POLYANNA SCHMITZ LARDIZABAL VIEIRA
  • Além da faixa de domínio, o transporte ferroviário, assim como outros modais de transporte, necessita de uma faixa de segurança, para poder operar em condições adequadas e sem oferecer riscos.

    Enviado por Talita Pacheco Paquilin
  • construções não legalizadas e que prejudicam o trafego poderão ser mantidas

    Enviado por Will Melo
Política de uso