Enquete: PEC 108/2019

Resultado parcial

Opção Quantidade de pessoas que responderam Percentual
Concordo totalmente 10.955 49%
Concordo na maior parte 346 1%
Estou indeciso 65 1%
Discordo na maior parte 292 1%
Discordo totalmente 10.579 48%

O que foi dito

Pontos Positivos

Pontos positivos enviados por outras pessoas.

1261 enviados até agora
  • Se realmente acabar com a obrigatoriedade de inscrição em conselhos e/ou diminuição extrema das anuidades será a melhor atitude desse governo.

    Enviado por Valéria marques
  • ACHO ÓTIMO QUE ACABE ESSE EXAME RIDÍCULO QUE NÃO QUALIFICA NINGUÉM! SÓ TIRA DINHEIRO.

    Enviado por MEZCAL MOLINA
  • esta pec quer acabar com as profissões.

    Enviado por Vanessa Hoefling
  • Só serve para alguns ganharem dinheiro...presidente de crc, secretários...somente os grandes conseguem cargos lá e nunca trabalham por nós

    Enviado por Jean Soares
  • Pelo livre exercício da sua profissão, já não basta anos de estudos, estagio voluntários. Todos os bacharéis precisa ser livre.

    Enviado por NAYARA DOS SANTOS OLIVEIRA

Pontos Negativos

Pontos negativos enviados por outras pessoas.

1174 enviados até agora
  • Os conselhos são responsáveis por fiscalizar o exercício dos profissionais e limitar as atuações. Sem fiscalização e sem limites, estaríamos submetendo à sociedade a inúmeros riscos.

    Enviado por Bianca Santos
  • Os Conselhos precisam de mudanças e não de extinção. A capacidade para gerir uma autarquia pública vem de formação específica na área da Administração Pública.

    Enviado por Andrei Mendes
  • o cidadão vai ficar na mão de maus profissionais já que praticamente um conselho profissional privado não ira fiscalizar com isonomia.

    Enviado por marcelo
  • É um risco imenso a população e a saúde pública, uma vez que as atividades podem ser realizadas por profissionais desqualificados.

    Enviado por anderson almeida
  • Não tem eficiência na fiscalização. Cobranças absurdas de taxas e anuidades. Nenhum beneficio para os membros.

    Enviado por Eng Civil Flávio Gomes Neto
Política de uso