Enquete: PL 1577/2019

Resultado parcial

Opção Quantidade de pessoas que responderam Percentual
Concordo totalmente 149 0%
Concordo na maior parte 54 1%
Estou indeciso 8 0%
Discordo na maior parte 148 0%
Discordo totalmente 28.017 99%

O que foi dito

Pontos Positivos

Pontos positivos enviados por outras pessoas.

612 enviados até agora
  • Não há pontos positivos. Estudos já apontaram que video games trazem bens emocionais e cognitivos a quem joga. Não é assim que vai se combater a violencia, mas sim trazer censura.

    Enviado por Rho Santoro
  • não ha nada de positivo vai tirar empregos de pessoas que trabalham no ramo

    Enviado por Rafael Sabara
  • não há pontos positivos, o pais esta numa situação terrivel e vcs querem tirar a diversão das pessoas.

    Enviado por Daiane
  • Ah gente é mais uma lei, os deputados vão ter que se matar de trabalhar.

    Enviado por Douglas Guimarães
  • Não tem nada de positivo, se jogos fazem as pessoas violentas por que houve duas guerras mundiais antes deles existirem?

    Enviado por eduardoviniciusfaleiro2@gmail.com

Pontos Negativos

Pontos negativos enviados por outras pessoas.

2908 enviados até agora
  • Não faz nenhum sentido banirem os jogos, se fosse pra banir eles, era pra banir muitas outras coisas.

    Enviado por Brenno Co.
  • Totalmente incabível. Os jogos já possuem classificação etária. Proibir não é nem de perto a resolução do problema.

    Enviado por Rafael Mion
  • essa proposta é um absurdo querem tirar a liberdade de uma pessoa adulta de exercer o seu lazer de jogar seus jogos ou seja seu hobby é uma afronta quanto a liberdade e ao gosto pessoal de cada um.

    Enviado por Ricardo Albedo
  • Temos varias pesquisas cientifica até recentes que desmentem que jogos violentos influenciam pessoas normais.

    Enviado por Matheus
  • O ponto negativo é essa proposta estapafúrdia que fere o direito do consumidor e pune empresas que geram empregos. Os jogos já possuem faixa etária definida. Logo, já está assegurado por lei, quem pode jogar tais jogos.

    Enviado por hibendas@gmail.com
Política de uso