Enquete do PL 1531/2019

Resultado

Resultado parcial : desde 19/03/2019

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 50 42%
Concordo na maior parte 4 4%
Estou indeciso 0 0%
Discordo na maior parte 1 1%
Discordo totalmente 63 53%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 17 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: Para não haver um conflito racial como nos eua , as cotas raciais devem acabar

    Gustavo Ricci Magrini Data 20/04/2021
    1 gostaram
  • Ponto positivo: As cotas devem ser sociais por questão de justiça. Cotas raciais provocam divisão e beneficiam uns poucos.

    ingrid caroline Data 04/04/2021
    2 gostaram
  • Ponto negativo: A banca só analisa o fenótipo do candidato deixando de fora todo o contexto sociorracial. Negritude é cultural, econômico e social. Quando você leva em conta somente a cor, acaba causando injustiça no objetivo inclusivo da política pública. Uma pessoa de pele clara pobre jamais pode ser excluída simplesmente por ter nascida com a cor errada, embora a grande maioria das pessoas pobres seja negra, sabemos que há um grande número de pretos e pardos ricos, e há inúmeros "brancos" na miséria.

    Zaqueu Oliveira Data 19/02/2021
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Brasil, o país mais miscigenado do mundo existe uma grande divisão entre índios, brancos e pretos, e, vejam só, até mesmo entre mestiços, mas camuflam a segregação social, esta muito mais grave. O problema que assola o Brasil é social; Aqui não há disputas étnicas como em outros países da própria África. (Genocídio tutsi ou apartheid). Aqui enquanto houver o mito racial anacrônico, sempre haverá racismo, seja na esfera pública, seja nos campos de futebol ou em qualquer outro lugar.

    Zaqueu Oliveira Data 19/02/2021
    2 gostaram
  • Ponto negativo: A política de cotas deve permanecer pois não atingiu seus objetivos. Ainda, deve criar uma lei para definir os critérios raciais (evitando insegurança jurídica e liberalidades) e também outra para tornar paritária a lei de cotas, haja vistas 50% das vagas terem de ser "subdividas" para diversos grupos marginalizados, enquanto as outras 50% (do grupo, em tese, negativo àquele) deixam "folgada" a concorrência, independente da dificuldade destes, o cenário é desproporcional.

    Gustavo Data 30/06/2020
    1 gostaram
  • Ponto positivo: Cotas sociais são justas e não criam essa divisão racial, já que o objetivo da cota é equilibrar as diferenças. Se há mais negros pobres eles seriam atendidos por cotas sociais, da mesma forma que um branco pobre. Se há menos brancos pobres ele não seria atendido pela cota social.

    Rafael Perrotta Data 04/06/2020
    5 gostaram
  • Ponto negativo: Podemos lembrar de quando negros foram dispensados e trocados por imigrantes subvencionados pelo Estado para "melhorar a raça".

    Luiz Souza Data 04/06/2020
    1 gostaram
  • Ponto positivo: O fim dos terríveis tribunais raciais que excluem pessoas pardas por não serem pardas o suficiente para entrar na universidade.

    Bruno Paiva Data 12/03/2020
    8 gostaram
  • Ponto positivo: acabar com cotas raciais será melhor para todos pois não de deve ter distinção do ser humano por causa da sua cor . Perante constituição somos todos iguais . O que se deve é aumentar para 80 % as vagas para estudante de escola publica

    Luis Simoes Data 28/02/2020
    8 gostaram
  • Ponto negativo: A proposta ignora dados históricos importantes sobre o racismo estrutural no Brasil; não apresenta dados que justifiquem a mudança; aspectos conceituais superficiais.

    Nair Iracema Silveira dos Santos Data 18/11/2019
    18 gostaram
vote nesta enquete