Enquete do PL 10159/2018

Resultado

Resultado final : desde 03/05/2018

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 55 90%
Concordo na maior parte 2 3%
Estou indeciso 2 3%
Discordo na maior parte 1 1%
Discordo totalmente 1 3%

Resultado na metodologia anterior Sobre Resultado na metodologia anterior?

Resultado final : desde 03/05/2018

Representação dos dados do gráfico em forma de tabela
Opção Participações Percentual
Concordo 238 85%
Discordo 41 15%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 15 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: O veto deve ser derrubado. Existe o estigma do portador de HIV/AIDS, o preconceito que dificulta sua inserção no mercado de trabalho formal, além da oscilação de sua condição de saúde, estando bem em um dia e mal no outro, devido sua baixa imunidade e os efeitos colaterais.

    Alexandre Claudino dos Santos Data 03/06/2019
    0 gostaram
  • Ponto positivo: Infelizmente não há cura e o tratamento a longo prazo traz danos irreversíveis à saúde. Ilógico fazer perícia para aposentados pq estão debilitados.

    Fernando Lisboa Data 10/05/2019
    3 gostaram
  • Ponto positivo: positivo pois não ter a nescidade de falar e refalar dotas as vezes pro medico da Pericia como aconteceu ou onde e como me expus ao virós.

    Ricardo Riverio Data 20/03/2019
    2 gostaram
  • Ponto negativo: Atletas que se aposentaram antes da data e militares, não são chamados, isto causa desigualdade humanitaria para esta classe que ja esta aposentada ha mais de 10 anos e com mais de 50 anos

    Luzia Nunes Data 28/02/2019
    5 gostaram
  • Ponto positivo: Aumentar a credibilidade do Governo e da Previdencia para que mais pessoa contribuam neste estado de saúda

    Luzia Nunes Data 28/02/2019
    3 gostaram
  • Ponto positivo: Os efeitos colaterais da medicação são muito fortes junto com o preconceito que ainda é muito grande contra os portadores de hiv tudo isso impossibilita o retorno ao mercado de trabalho.

    Ed Nass Data 26/02/2019
    6 gostaram
  • Ponto positivo: O portador de hiv/aids é rejeitado até pela própria família, imagina no trabalho então. Aids tem o mesmo estigma que a lepra teve.

    Edson Data 26/02/2019
    6 gostaram
  • Ponto positivo: como alguém que esta fora do mercado de trabalho a 10 ou ate 20 anos na casa dos 50 anos com uma doença incurável e estigmatizante,volta ao mercado de trabalho? A pessoa sem doença já ta ruim imagina com aids!!

    Renato da Matta Data 16/01/2019
    16 gostaram
  • Ponto positivo: Nao precisa HIV/AIDS passar por pericia medica,

    Claudio Coutinho Data 07/01/2019
    14 gostaram
  • Ponto positivo: Beneficio concedido por um períto pra uma doença, ate o momento sem cura, não se faz necessário reavaliações.

    Filipe Rocha Data 07/01/2019
    9 gostaram