Enquete do PL 2148/2015

Resultado

Resultado parcial : desde 03/05/2018

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 5 12%
Concordo na maior parte 1 2%
Estou indeciso 1 2%
Discordo na maior parte 1 2%
Discordo totalmente 36 82%

O que foi dito

Pontos mais populares

Ponto positivo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Ponto negativo: Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volupat. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipscing elit, sed diam nonummy nibh erat volupat.

Fulano de tal Data 00/00/0000
0 gostaram

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 12 encontrados.

Baixar
  • Ponto negativo: A PL vai de acordo com o ESG, que é um dos maiores engodos jamais visto na história, plano criado por entidades supranacionais e pela elite mundial. Temos que combater qualquer coisa que venha dessa atrocidade chamada ESG, que não tem qualquer relação com o povo brasileiro. PL aprovada, os produtores vão tentar se adaptar, o que diminuíra e muito a produção de alimento. Diminuindo a produção, os preços subirão. Quem é das camadas mais baixas vai sofrer tremendamente para conseguir se alimentar.

    Michael Moura Data 09/01/2023
    0 gostaram
  • Ponto negativo: Projeto de criação de um mercado artificial, que implicará em reajustar toda a cadeia produção brasileira de bens, o que gerará um custo e um endividamento incalculáveis, derrubando o PIB e esmagando os pequenos produtores, que precisarão se rearranjar para se adequar a um projeto socialista de imposição estatal para agradar a sanha ambientalista neurótica da ONU.

    Lucas Assumpção de Oliveira Data 23/09/2022
    1 gostaram
  • Ponto negativo: O mercado de carbono que será que será criado pelo PL irá destruir a rede de pequenos e médios agricultores, além de encarecer a produção dos agricultores maiores, gerando monopólios e inflação nos preços de alimentos, atingindo todas as camadas da população, em especial os mais pobres.

    Ramon Data 20/09/2022
    1 gostaram
  • Ponto negativo: NÃO a PL da FOME!!! Esse PL não há MÍNIMA CORRELAÇÃO com a cadeia do agro e do abastecimento de alimentos, de modo que as consequências práticas da sua implementação poderiam comprometer seriamente os pequenos e médios produtores (70% do total). O que nós temos que levar em consideração é a capacidade de livre produção, nossa segurança alimentar, inclusive a nossa soberania, e esse PL vai contra tudo isso! Pesquisem sobre a: Carta Aberta aos Produtores Rurais do Brasil (contra esse PL).

    Caio de Sousa Data 17/09/2022
    2 gostaram
  • Ponto positivo: Estamos vendo países como Itália,Alemanha, sofrendo desabastecimento alimentar por conta de lei semelhante. Nosso Brasil e bem preservado,nossa agricultura,nossa pecuária são exemplos de preservação para o mundo... Está PL 2148/2015 e uma afronta a soberania produtiva do nosso país.

    Radameres Oliveira Data 16/09/2022
    3 gostaram
  • Ponto positivo: Tudo o que puder ser feito para reduzir a emissão de GEE é bem vindo. É no mínimo curioso ver quem veja como ponto negativo na promoção de novos negócios ambientalmente amigáveis expressões como "prejudica o agro", "inviabiliza o agro", "não à globalização". Sem falar no sumiço das abelhas devido ao uso abusivo de química no hemisfério norte. Não tem agro que compense o papel da polinização. Que se reinvente o agro! É assim que a humanidade evoluiu, não criando estruturas protecionistas.

    CARLOS ANTONIO VILLA NOVA Data 13/09/2022
    0 gostaram
  • Ponto negativo: Prejudica o Agronegócio do Brasil e também a rede alimentar do país.

    Marcel Data 13/09/2022
    7 gostaram
  • Ponto negativo: O projeto só contribui para a inviabilização do agronegócio. Favorece anseios estrangeiros, que desejam aniquilar a atividade. Uma potência agroindustrial como o Brasil não pode ser refém da vontade globalista. Já possuímos a legislação ambiental mais rígida do mundo. Enquanto utilizados 4,31kg/ha de defensivos, acusados de causar efeito estufa, os países que mais nos criticam utilizam volumes bem maiores. Os produtores não podem sofrer mais limitações por culpa de quem não entende sobre.

    Lara Martins Data 13/09/2022
    8 gostaram
  • Ponto negativo: Diga não ao mercado de carbono e à agenda globalista, não queremos comer inseto!

    LUIZ GUILHERME GOMES DE OLIVEIRA Data 13/09/2022
    8 gostaram
  • Ponto negativo: Agenda globalista. Não queremos isso no Brasil. Implantação do mercado de carbono trava a produção rural.

    Eduardo Botelho Data 12/09/2022
    5 gostaram
vote nesta enquete