Enquete do PL 1015/2015

A Câmara dos Deputados analisa projeto (PL 1015/15) que estabelece piso salarial de R$ 3.600,00 para psicólogos. O piso deverá ser reajustado anualmente pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior. O autor da proposta, deputado Dr. Jorge Silva (Pros-ES),afirma que a fixação de um piso de remuneração mínimo é um elemento fundamental para o bom desempenho da atividade, na medida em que promove a melhoria das condições de trabalho do psicólogo. “Trata-se, também, de fator de valorização do profissional que, após anos e anos de estudo de graduação e especialização, ainda necessita estar constantemente se atualizando para bem atender os seus pacientes”, acrescentou o deputado. Jorge Silva explicou que a proposta atende aos psicólogos que atuam em empresas privadas, e não aqueles que possuem consultórios próprios ou que sejam servidores públicos. "Tem psicólogos que trabalham em empresas, trabalham prestando serviço em empresas prestadoras de serviço para o poder público, como Detrans, por exemplo. Esses psicólogos devem ser protegidos tendo um piso salarial mínimo ", afirmou. Tramitação O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Finanças e Tributação e de Constituição e Justiça e de Cidadania.